o que tem feito?

O QUE TEM FEITO, PEDRO ROCHA?

por Heyk Pimenta

pedro rocha

“Heyk, o computador tá um pouco confuso pra organizar os poemas, me passa seu endereço e envio pra você pelo correio.” Gostei. Receberia uma carta de um poeta que mora na mesma cidade que eu. Chegou, mas não pelo correio. Pedro levou os poemas em um envelope ao morro da Conceição no último sábado, falaríamos poemas n’A Mesa. “Heyk, o correio me mandou entregar pessoalmente. As filas estão imensas, porque, segundo disseram, agora tudo se faz no correio.” O envelope tinha meu endereço e o dele. Três folhas datilografadas e carimbadas, três poemas, um deles batido só com as teclas da máquina, com força, sem tinta, cada letra marcando e quase furando o papel.

(mais…)

O QUE TEM FEITO, RENATO REZENDE?

por Heyk Pimenta

foto de Luciana Lopes

foto de Luciana Lopes

 

“Não tenho escrito muito. E muito menos ainda poesia. Acho que poesia é coisa de mulher. E agora sou um homem. Um homem que envelhece. Pelo menos, por ora.”

Essa foi a resposta de Renato Rezende à pergunta da Oficina. A sessão “O que tem feito?” trará notícias e poemas recentes de autores que já passaram pelas nossas sabatinas. Poeta, crítico, curador, tradutor e romancista paulistano, Renato ganhou duas vezes o Prêmio Biblioteca Nacional com os livros Passeio (Record, 2001) e Ímpar (Lamparina, 2005), depois de ter passado pela Índia, Estados Unidos e se fixado no Rio de Janeiro ainda nos anos 1990.

(mais…)