quem faz

Adiron Marcos é teólogo, músico e poeta. Participou de oficinas com o poeta Chacal, e atua desde abril de 2011 no CEP 20.000. Lançou, pela editora Oitoemeio, “O Livro das Acontecências”. www.doistantosdecoisas.blogspot.com.br

Andrea Streva é voltaredondense 1/2 mineira 1/2 carioca. Mestre em Direito pela PUC-Rio, onde estudou filosofia política através dos escritos de Michel Foucault e Gilles Deleuze. É atravessada pelas relações entre filosofia, literatura, artes audio-visuais e educação. Escreve, fotografa e observa.

Ana Carolina Assis é poeta e trapezista, vive em trânsito entre o Rio e São Gonçalo. Mestranda em Teoria da Literatura pela UFF, estuda Adília Lopes e Stela do Patrocínio.

Bárbara Coelho é designer. É formada em Design Gráfico pela PUC-Rio, com especialização em Design Estratégico pelo Istituto Europeo di Design. Vive e trabalha no Rio de Janeiro. Nos últimos anos realizou projetos com foco em cultura e educação. www.barbaracoelho.com

Eduarda Moura é pelotense que nasceu em Rio Grande (RS) e deu uns rolês por aí. Mora em Niterói e faz mestrado em Teoria da Literatura na UFF. Se interessa pelas relações e indistinções entre as artes, a crítica e a educação.

Guilherme Gonçalves (1983) é professor, pesquisador e músico. Doutorando em Ciências Sociais pela PUC-Rio, com pesquisa em sociologia da arte. Atua como professor de escrita e oficineiro em bibliotecas e centros culturais da cidade. Publicou ensaios em coletâneas como a “Cadernos PUC” (Vozes, 2014), e poemas em sites como o da Revista Cult e da Revista Garupa.

Heyk Brauner Pimenta Estanislau é poeta. Mineiro de Manhuaçu, morou em São Paulo e Rio Grande do Sul antes de vir para o Rio de Janeiro, onde está desde 2007. Escreveu “A serpentina nunca se desenrola até o fim” (7letras, 2015), “Poemas” (Cozinha Experimental, 2014) e “Sopro sopro” (Edições Maloqueiristas, 2010). Organizou “A moda e o novo homem de Flávio de Carvalho” (Azougue, 2010), dentre outros.

Julya Tavares nasceu em 21 de julho de 1991, na cidade de Niteroi. Formou-se em Letras pela Universidade Federal Fluminense em 2014 e defendeu a dissertação "Modos de usar: uma vivência  [e teste] da poesia de Marília Garcia", em março de 2017, pela mesma instituição. Faz parte do coletivo Oficina Experimental de Poesia desde 2016 e, atualmente, participa como colaboradora do coletivo Garupa.

Luiz Guilherme Barbosa (1986) é escritor. Atua como professor de português e literaturas no Colégio Pedro II, e é doutorando em Teoria Literária pela UFRJ. Autor do livro A mão, o olho: uma interpretação da poesia contemporânea (Oficina Raquel, 2014), escreve no blog www.geleiacomrequeijao.wordpress.com.

Marcos Nascimento, 28 anos, é carioca de Bangu, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Graduado em História pela Universidade Gama Filho, é poeta desde os 17 anos, quando criou seu primeiro blog. Já publicou poemas nos sites Labirinto Poético e Mallarmargens. Prepara o primeiro livro de poemas para ser lançado em 2015. Escreve resenhas e críticas musicais para os portais de jornalismo cultural: Rock Press e Altnewspaper.

Rafael Zacca Fernandes é poeta e crítico literário. É doutorando em filosofia pela PUC-RJ e pesquisa a obra de Walter Benjamin. Colabora com o Jornal Rascunho e com a Revista Escamandro. Realiza oficinas de criação, tendo atuado em universidades, escolas, centros culturais e festivais. Publicou Kraft | Rafael Zacca (2015, Cozinha Experimental) e Mini Marx (2017, 7Letras). Tem no prelo A Estreita Artéria das Coisas (poemas) https://rafaelzacca.com/.

Vinicius Gonçalves Melo nasceu em 21 de abril de 1989, no Rio de Janeiro. É coeditor da KZA1, editora livre, junto com Thadeu C. Santos. Traduziu poemas de Amiri Baraka, Diane DiPrima e Bob Kaufman, lançados pela KZA1, e prepara traduções de Kenneth Fearing, Juan Luis Martínez e Gary Snyder, a serem lançadas pela mesma editora. É pai da Nina.