Arturo Carrera

PEQUENA CRÍTICA | MISTÉRIO RITMO | ARTURO CARRERA

capa_nomadismos_arturo-carrero-web-site

“O homem mais portátil do mundo” | Arturo Carrera | Trad. Marcelo Reis de Mello | Azougue

por Marcelo Reis de Mello

Arturo Carrera é um poeta, crítico e tradutor argentino nascido no ano de 1948, na pequena Pringles, província de Buenos Aires. Considerado um dos personagens mais representativos da poesia contemporânea, inscreve-se no panteão da vanguarda latinoamericana que Néstor Perlongher viria a chamar de Neobarroso. Sua escrita atravessa muitos momentos diferentes, por onde entrevemos uma imensa teia de afinidades e influências, a começar pela conterrânea Alejandra Pizarnik, passando por Haroldo de Campos, os cubanos Lezama Lima e Severo Sarduy, a uruguaia Marosa di Giorgio, mas também o naturalista e escritor Guillermo Enrique Hudson, Henri Michaux e Mallarmé, para citar apenas alguns entre os mais recorrentes.

O texto que apresentamos aqui, “Mistério Ritmo”, pertence ao seu livro Ensayos Murmurados (Mansalva, 2009), cuja tradução ao português foi publicada no volume O homem mais portátil do mundo (Azougue / Circuito, 2014). A linguagem ensaística e a poesia (mais…)